• rachel9731

BANCADAS: COMO ESCOLHER O MATERIAL IDEAL PARA COZINHA OU BANHEIRO?

Chegou o momento de colocar as bancadas, e agora? Qual tipo de bancada usar na cozinha? Qual material usar na bancada do banheiro? Calma, estamos aqui para te ajudar!

Existem diversos tipos de materiais: naturais ou sintéticos, veja a seguir:


Mármores, granitos e pedras naturais


As pedras naturais têm características mais porosas e também são mais sensíveis às altas temperaturas, manchas e impactos, portanto cuidado nas escolhas para a cozinha. E você sabe qual a diferença entre mármore e granito? O mármore apresenta veios e padrões mais contínuos, enquanto que o granito apresenta mais granulação. Também pode-se usar calcário, ardósia e pedra-sabão, mas lembre-se que essas precisam de acabamento de proteção, por conta de sua porosidade.




Silestone ou Quartzo Stone

Afinal, qual a diferença entre silestone e quartzo stone? Visualmente, nenhuma. Mas no preço sim! A questão é que a Silestone é uma marca internacional registrada, portanto outros fabricantes não podem usar o mesmo nome. É uma pedra sintética composta de mais de 90% de quartzo e o restante de resina. Altamente resistente e em grande variedade, o quarzo ainda conta com baixíssimos níveis de absorção, portanto não mancha facilmente como as pedras naturais.


Corian

O corian também é uma pedra fabricada: 1/3 de resina acrílica e 2/3 componentes naturais. A grande marca registrada do corian é que com esse material fazem-se bancadas sem emendas, com aquele rebaixo italiano maravilhosos e sem emendas, sabe? É um material nobre e de custo mais alto.


Dekton

Mais uma pedra industrializada, a dekton é uma combinação de matérias-primas que se utilizam para fabricar vidro, superfícies de quartzo e porcelana de última geração. É uma pedra de altíssima resistência: nos dias atuais é o vencedor da categoria pedras industrializadas. Com dekton é possível fazer bancadas com perfis mais finos e maiores (a peça pode medir até 320x144cm), perfeito pra quem ama um estilo mais minimalista.


Marmoglass

O marmoglass é uma mistura de pó de mármore e vidro. É um material bem resistente e possui um visual mais brilhoso, perfeito para quem gosta deste efeito.


Granilite

A base é cimentícia e nele são acrescentados grãos minerais: de granito, quartzo, mármores, etc. Um clássico da década de 40, esse material vai depender da combinação dos componentes naturais para que seja mais ou menos resistente e durável.


Concreto

O concreto é uma opção bem bacana. Deve ser moldado e executado com muito cuidado e exatidão. É possível finalizar o concreto da forma que preferir: acabamento queimado, pintura, porcelanato, laminados, etc.


Madeira

Ah a madeira! Atente-se ao tipo de madeira que escolher: prefira a madeira de lei maciça. Busque impermeabilizá-la para áreas molhadas também.



Porcelanato

As bancadas em porcelanato trazem infinitas possibilidades. São altamente resistentes: basta pensar que foram feitos para pisar em cima. Só tome cuidado na execução e também fique atento às emendas. Também se atente às quinas, elas ficam mais bonitas e duráveis se forem feitas em corte “meia esquadria”.


Inox

O inox é um clássico e traz o benefício de integrar as cubas nas bancadas, deixando o espaço mais higiênico. Só exige mais cuidado com riscos.

Os tipos mais comuns de bancadas são esses! Já escolheu o seu preferido?


4 views0 comments